Você está aqui: Página Inicial > Contents > Menu > Ensino, Pesquisa e Extensão > Núcleos

Núcleos

por Centro de Educação publicado 03/04/2018 08h06, última modificação 11/06/2019 08h46

O Núcleo de Educação Emocional - NEEMOC

O Núcleo de Educação Emocional (Neemoc) é um órgão suplementar da UFPB, criado pela Resolução n° 6/2017 do Conselho Universitário, que dedica-se ao desenvolvimento teórico e metodológico da área, com foco no desenvolvimento da consciência emocional e de habilidades para o relacionamento interpessoal, visando a saúde e o bem-estar individual e coletivo. Desse modo, o Neemoc pretende colaborar, no âmbito do ensino, da pesquisa e da extensão, para o desenvolvimento das competências emocionais dos indivíduos, atentando para aspectos do autoconceito, autoestima, autoconfiança e autoaceitação, assim como da sociabilidade, clima social, trabalho em grupo e mediação de conflitos. Para isso, promove estudos e atividades, operando em parceria com instituições que tenham como objetivo a promoção do bem viver e a cultura de paz.

 

Núcleo de Educação Especial - NEDESP

O Núcleo de Educação Especial (Nedesp) é um órgão subordinado ao Centro de Educação (CE) responsável pela adaptação, transcrição e revisão de textos e obras acadêmicas de tinta para o sistema Braille - e vice-versa. Atualmente, assiste todos os 22 alunos cegos ou com baixa visão dos cursos de graduação e pós da UFPB. Conta atualmente com seis profissionais atuando das 7h às 19h, de segunda a sexta-feira, e uma estrutura dotada de equipamentos de tecnologia assistiva em sua sala-sede e ambiente de estudos contíguo, como impressoras Braille, scanner de voz e notebooks com ledores de ecrã, fornecidos pelo Comitê de Inclusão e Acessibilidade.

 

Núcleo Interdisciplinar de Pesquisa e Ação sobre Mulher e Relações de Sexo e Gênero - NIPAM

O Núcleo Interdisciplinar de Pesquisa e Ação sobre Mulher e Relações de Sexo e Gênero foi criado pela Resolução Nº 10 de 2003 do Consuni, mas atua desde 1998.  Em 2008, ele incorporou pesquisadoras e pesquisadores interessada(o)s em questões étnico-raciais, assumindo a interseccionalidade no enfoque das desigualdades. A experiência da UFPB em estudos, pesquisa e extensão na área de gênero e diversidade se encontra consolidada através do Nipam, que vem acompanhando as políticas públicas com foco em gênero e diversidade. O Núcleo conta com uma equipe interdisciplinar e já desenvolveu diversos projetos de pesquisa, de intervenção cultural (em Rádio), produção de material didático (cartilhas, vídeos educativos), promoção de eventos científicos e prestação de serviços de assessoria.