Você está aqui: Página Inicial > Contents > Menu > Projetos > Projetos em andamento
conteúdo

Projetos em andamento

por marilene publicado 17/03/2019 17h53, última modificação 30/07/2019 10h25
Projeto PROBEX  2017 – Atual -  Vivências de educação emocional com jovens com deficiência da funad: um caminho para o empoderamento

Descrição: O objetivo deste projeto é contribuir para o  empoderamento de pessoas com deficiência através do desenvolvimento de novas competências e habilidades emocionais que podem trazer autonomia e melhoria do bem-estar subjetivo. Através de uma metodologia vivencial de intervenção, o objetivo deste projeto é desenvolver momentos pedagógicos em Educação Emocional com os/as estudantes com deficiência da Escola Estadual de Educação Especial Ana Paula Ribeiro Barbosa Lira, localizada na Fundação Centro Integrado de Apoio ao Portador de Deficiência (Funad).

Coordenadora: Dra. Taísa Caldas
Projeto PROBEX 2019 : A emoção do medo: promovendo a educação emocional para os estudantes do curso de Pedagogia/CE/UFPB

Descrição: O Presente projeto estabelece como foco de atuação as emoções dos estudantes no ensino superior, especificamente no Curso de Graduação em Pedagogia do Centro de Educação da Universidade Federal da Paraíba. Tendo por base o campo de estudos da Educação Emocional . Considerando os aspectos elencados e a importância da mudança de foco em relação à formação dos estudantes no cotidiano universitário, entendendo aqui a formação em seu aspecto mais amplo de atendimento e cuidado com a integralidade humana, aliando os aspectos cognitivos e emocionais, propõe-se neste projeto a Educação Emocional como foco de ação e a emoção do medo como tema a ser trabalhado. O entendimento de que o medo é uma emoção vivenciada em diversas situações do cotidiano acadêmico e que causa sofrimento e impactos negativos no desenvolvimento pedagógico torna fundamental realizar ações que abordem este tema e propiciem práticas de superação.

Coordenadora: Dra. Marilene Salgueiro
Colaboradora: Dra. Elisa Gonsalves Possebon
Discentes: Maria Eduarda Alves Andrade ,Glaucia da Silva Cavalcante ,Joyce Egles Henriques de lima
Projeto PIBIC 2018 -  atual : Estudo sobre as emoções e o empoderamento de mães de crianças com Síndrome de Down 

Descrição: Esta pesquisa tem como foco compreender o universo emocional de mães de crianças com Síndrome de Down e quais emoções podem contribuir para o processo de empoderamento destas. Sabe-se que a descoberta da deficiência de um filho pode gerar processos que envolvem a tristeza e o luto, mas pouco se sabe sobre como essas mães conseguem sair deste estado para alcançar o empoderamento. Através de uma pesquisa qualitativa, o objetivo desta é analisar as emoções que estão na base de um processo de empoderamento de mães de crianças com Síndrome de Down que fazem parte da Organização Não-Governamental Instituto Primeiro Olhar. Espera-se que este estudo possa contribuir no entendimento de como uma vivência saudável das emoções pode gerar processos de empoderamento. 

Coordenadora: Dra. Taísa Caldas
Discentes: Flavia Laryssa Rabelo, Fatima Marinho, Stephanny Angel Dantas

 

Pesquisa: Espiritualidade e Educação Emocional

Descrição: O projeto tem como objetivo identificar a correspondência entre educação emocional e espiritualidade, considerando as aprendizagens realizadas pelos alunos que estão matriculados na disciplina Educação Emocional no Ensino Fundamental na rede municipal da cidade de Queimadas-PB. A questão que o orienta é a seguinte: as aprendizagens realizadas na disciplina de Educação Emocional geram algum impacto na espiritualidade das crianças e adolescentes? Se sim, quais seriam estes impactos? A partir das percepções dos docentes sobre tais impactos, percepções estas obtidas através de grupo focal, será delineado o universo de alunos a serem entrevistados sobre o tema.

Coordenadora: Dra. Elisa Gonsalves Possebon
Colaborador: Dr. Fabricio Possebon

Projeto PIBIC 2019: A emoção do medo nas vivências acadêmicas dos estudantes de Pedagogia/CE/UFPB: um estudo sobre emoções e educação emocional no ensino superior .

Descrição: Considerando a relevância das emoções na formação do indivíduo em sua integralidade e das relações que se estabelecem no ato pedagógico este projeto tem como foco a consideração da importância dos aspectos socioemocionais e das emoções no ensinar e aprender. Destacamos a necessidade da discussão dos aspectos que são considerados relevantes na formação dos estudantes no ensino superior, partindo da premissa de que a formação proposta nos currículos dos cursos , em sua maioria, se assentam na base legal estabelecida, priorizam aspectos cognitivos e se organizam de forma tecnicista, linear e disciplinar desconsiderando os aspectos socioemocionais ai envolvidos. Dentre as emoções básicas do indivíduo presentes nessa discussão destacamos a emoção do medo por ser esta uma emoção que apresenta uma interface entre ser natural e ser construída socialmente. O medo é uma emoção natural, mas é também uma construção social. No contexto social o medo é fabricado, inculcado, construído e instalado no sujeito. (Bauman, 2008,11). A emoção do medo é também dentre as emoções naturais uma que se destaca por causar prejuízos nas vivências e desenvolvimento de atividades cotidianas se não conhecida/reconhecida e vivenciada de forma regulada. O medo tem sido uma emoção que acompanha o estudante desde o início de sua vida universitária. O ingresso no curso superior é permeado de questionamentos, surpresas, inseguranças e novidades. A atual forma de acesso ao Ensino Superior no Brasil, o Sistema de Seleção Unificada - SISU possibilita uma mobilidade em que grande parcela dos estudantes deixam seus Estados e cidades de origem e se mudem para outros locais ficando longe de suas raízes, da família e de amigos. Ao iniciarem a vida acadêmica se deparam com o medo natural nessas situações relacionado ao desconhecido, ao novo mas, também e sobretudo, com o medo produzido socialmente, gerado pela estrutura, organização e práticas pedagógicas dos cursos. Estabelecemos os seguintes questionamentos para nossa investigação: como a emoção do medo é socialmente construída no ambiente acadêmico da universidade? Se a emoção do medo interfere no processo de aprendizagem dos estudantes, como as dificuldades e sofrimentos causados por esta emoção dificultam o cotidiano dos estudantes? Como os estudantes vivenciam o medo enquanto emoção natural e emoção socialmente construída no cotidiano acadêmico, especificamente no curso de Pedagogia do CE/UFPB? 

Coordenadora: Dra. Marilene Salgueiro
Colaboradoras: Dra. Taisa Caldas Dantas; Ms. Fabiana Ferreira do Nascimento (Analista de Tecnologia da Informação STI/UFPB)
Projeto PIBIC 2019: Educação emocional e empoderamento: estudo sobre as emoções de pessoas com deficiência

Descrição: Esta pesquisa tem como objetivo construir conceitos e interfaces sobre o campo da educação emocional, o empoderamento e as emoções humanas vivenciadas por pessoas com deficiência. A pergunta investigativa desta pesquisa é conhecer como a educação emocional pode levar pessoas com deficiência a vivenciar um processo de empoderamento e quais são as emoções que estão na base deste processo? Ao longo dos anos têm se desenvolvido pesquisas sobre educação emocional, mas ainda não existem pesquisas que demonstrem como esse campo pode contribuir para o empoderamento de grupos sociais vulneráveis e quais são as emoções que levam a isto. Através de uma pesquisa documental e bibliográfica, busca-se através desta construir interfaces entre o campo da educação emocional, a inclusão e a teoria do empoderamento, e aprofundar o conhecimento das emoções secundárias e autoconscientes que levam um sujeito a se empoderar. Espera-se, dessa forma, desenvolver uma pesquisa inovadora que pode contribuir com diversas áreas do conhecimento que se debruçam sobre o desenvolvimento integral do ser humano e suas emoções. Palavras-chave: educação emocional. empoderamento. emoções.

Coordenadora: Dra. Taisa Caldas Dantas
Colaboradoras: Dra. Elisa Possebon; Dra. Marilene Salgueiro